• Mayra Dias

Cultivos de ervas, flores e hortaliças em floreiras e canteiros elevados.


Gostavas de produzir ervas, flores e hortaliças, mas não tem um grande quintal ou mora em apartamento? Saiba que isso não é o maior problema.

Se o problema para os vossos cultivos é a falta de um grande quintal e desejas produzir alimentos em quantidades maiores do que os vasos permitem, com certeza as floreiras ou canteiros elevados, são uma excelente e criativa opção.


São ideais para apartamentos, terraços, pequenos pátios e também para as situações quando o espaço tem pouca profundidade de solo e deseja-se produzir cultivos que necessitam mais espaço para as raízes crescerem e se desenvolverem, ou até mesmo caso queiras um jardim onde pode apreciar o momento de cuidar de vossas plantas com mais conforto.



Em um canteiro elevado pode-se criar condições ideais para cultivos específicos, controlando melhor possíveis problemas com a qualidade do solo ou com o equilíbrio da humidade, além disso é possível produzir uma quantidade surpreendente de plantas, flores, ervas e hortaliças em canteiros e floreiras, até mesmo se as medidas forem apenas de 1 m² ou de 1 m por 50 cm.


A estrutura para um canteiro elevado pode ser criada com diferentes tipos e tamanhos de materiais, como por exemplo, eucalipto auto clavado, bambu, madeira de demolição, dormentes, placas metálicas, tijolos empilhados, materiais reciclados, entre outros.


Impermeabilize ou forre com plástico o interior da floreira antes do plantio caso opte por uma estrutura de madeira mas lembre-se de deixar os furos para drenagem, pois materiais porosos com o passar do tempo vão manchar e entrar em decomposição porque absorvem a água das regas. Existem à venda vernizes e impermeabilizantes próprios para esses materiais.


De acordo com o espaço disponível e com as necessidades de seus cultivos pode-se usar floreiras e canteiros de forma muito inventiva e produtiva, é possível planejar inúmeras combinações de plantas companheiras para pequenos jardins.



Podem ser feitos consórcios com espécies que toleram mais sol, ou com outras mais indicadas para meia sombra, pode-se planejar canteiros apenas com temperos e ervas, outros com hortaliças e flores de crescimento rápido ou até mesmo combinações de ervas, flores e hortaliças em uma única floreira.


Trazer uma diversidade de espécies com características diferentes para vosso jardim mesmo que este seja apenas uma floreira ou canteiro irá proporcionar a manutenção da saúde de vossas plantas.


Aí vão algumas combinações que podem ser plantadas em floreiras ou canteiros elevados com medidas de no mínimo, 1 metro de comprimento por 30 centímetros de profundidade e 30 centímetros de altura:


RABANETE | ABOBRINHA | ALFACE | COSMOS



POR QUÊ? • Gostam de solos muito ricos em matéria orgânica; • O Rabanete cumpre a excelente função de descompactar o solo com suas raízes, tornando-o mais arejado para o cultivo das outras hortaliças; • As flores das Cosmos atraem inúmeros polinizadores e encantam por sua beleza


TOMATE | MANJERICÃO | CEBOLINHA | TAGETES | MORANGO



POR QUÊ? • Todas as espécies apreciam um solo fértil, rico em matéria orgânica e com rega equilibrada; • O Manjericão melhora o sabor e o crescimento do tomate, repele insetos nocivos e atrai polinizadores benéficos; • A Cebolinha protege os Morangos contra doenças e ajuda a repelir alguns insetos; • A Tagetes é muito usada para combater os nematóides dos solos dos jardins e hortas


MANJERICÃO | GERÂNIO | RÚCULA | HORTELÃ |



POR QUÊ? • Todas as espécies apreciam um solo fértil, rico em matéria orgânica; • Gostam de um solo úmido, porém sem excessos, apreciam rega constante e equilibrada; • Devem ser cultivadas preferencialmente ao sol, mas toleram o cultivo a meia sombra.


Os plantios em floreiras e canteiros elevados seguem o mesmo padrão do plantio em vasos, prepare o solo de acordo com os tipos de cultivo que selecionou, faça uma boa drenagem e escolha um local para posicionar seu canteiro ou floreira que receba a quantidade de luz indicada para as espécies que vai cultivar.



As plantas serão mais dependentes de cuidados do que plantas cultivadas diretamente no solo, será necessária uma atenção maior com as regas, uma boa drenagem e uma frequência de fertilizações e manutenções pelo menos 1 vez a cada 30 dias.



Que tal começar a ampliar seus cultivos? Pode contar com nossa ajuda. Entre em contato para sanar dúvidas ou venha nos conhecer pessoalmente na loja.


Mayra Dias Geógrafa e Jardinista, criadora de conteúdo para o blog da Oficina Verde, responsável pelo desenvolvimento e implantação de projectos de ecopaisagismo, hortas e pomares biológicos na Jardim de Ervas.

12 views0 comments