• Mayra Dias

Saúde das Plantas, como manter as suas verdinhas sempre maravilhosas sem stress.

Tuas plantas adoeceram e não sabes o que fazer? Confere aqui algumas dicas de primeiros socorros que vão trazer a saúde de volta para seu jardim.


Assim como nós, as plantas, quando há qualquer carência em alguma de suas necessidades, passam por momentos de desequilíbrio, a imunidade cai e assim ficam vulneráveis a doenças ou viram alimento de alguns insetos.


Quando falamos da saúde, até mesmo da nossa, é comum abordarmos esse tema sob a ótica da doença, porém se cotidianamente cultivamos hábitos preventivos de saúde dificilmente as doenças vêm. Com as plantas tudo ocorre exatamente da mesma maneira.

Adotar tipos de manejo saudáveis, e oferecer sempre o que suas plantas precisam, com certeza vai garantir que tenhas plantas saudáveis e talvez nem irá conhecer alguns tipos de insetos que possam atacá-las ou doenças que possam ter.


As plantas são seres simples e quando nascem de maneira espontânea na natureza são muito autossuficientes, porém elas possuem algumas necessidades básicas sem as quais não vivem: luz, água, ar e solo! Isso é tudo o que as plantas precisam, simples não é mesmo?!


Deve-se lembrar sempre de que cada espécie vai precisar desses elementos em quantidades e qualidades diferentes já que isto está relacionado com suas origens e adaptações ao longo dos tempos na natureza.



Algumas plantas são originárias de ambientes mais áridos, onde os solos são mais rochosos ou arenosos, bem drenados, e onde os nutrientes são disponibilizados lentamente, como é o caso das suculentas, não é por acaso que elas têm esse nome, reservam água em seu interior pois necessitam se preparar para os períodos de escassez de chuva.



As hortaliças em geral preferem receber luz do sol direta, viver onde o solo é riquíssimo em matéria orgânica e a ciclagem de nutrientes acontece rapidamente pois em geral possuem um ciclo de vida curto e necessitam de todos os nutrientes disponíveis em breve espaço de tempo.


Já as plantas de interiores são em sua maioria oriundas das florestas tropicais onde se desenvolvem com humidade constante, calor, solo riquíssimo em nutrientes, e sob a sombra de grandes árvores.




Para manter a saúde de suas plantas inicialmente é fundamental conhecer as necessidades especificas de água, incidência de luz, temperatura e tipo de solo das espécies que cultivas e oferecer as condições necessárias para o desenvolvimento saudável.


Porém nosso cotidiano nem sempre nos facilita ou proporciona momentos para dar atenção ao jardim e situações surpreendentes podem surgir de uma hora para outra.


Caso suas plantas estejam adoecidas e necessitem de cura temos algumas dicas gerais de primeiros socorros para as verdinhas que com certeza irão trazer a saúde de volta para seu jardim.


- Observe as condições de luz, água e solo, e perceba se estão adequadas para a espécie;




- Rapidamente podar os ramos e folhas doentes;






- Fertilize adequadamente o solo e mantenha-o nutrido de acordo com as necessidades da espécie que cultivas, existem fertilizantes preparados na medida certa para cada um dos cultivos;



- Se o problema foi ocasionado pela falta de luz, encontre um local mais adequado para atender à necessidade da espécie cultivada. Caso a planta esteja sofrendo distúrbios por conta do excesso de luz você pode proceder da mesma maneira ou criar uma barreira física para a luz, por exemplo, pergolados, trepadeiras, etc;


- Sinta a humidade do solo com o tato ou meta um palito comprido e seco de madeira na terra, e retire, observe se sai húmido ou seco. Caso o solo esteja muito húmido reduza a frequência das regas, caso esteja muito seco aumente a frequência das regas


- Caso a planta tenha sido atacada por cochonilha, ácaros ou pulgões, você pode pulverizá-la com algum biodefensivo preparado específicamente para cada um deles. Também pode optar por caldas naturais caseiras, óleo de Neem, ou adotar estratégias de controle biológico.



- Outra opção é criar barreiras físicas para os insetos até que as plantas se recuperem, que podem ser iscas, placas adesivas para capturá-los ou até mesmo barreiras feitas com espécies vegetais que eles não apreciam. As formigas, por exemplo, podem ser afastadas com o plantio de Batata-doce ao redor da horta ou do jardim;


Cultive práticas preventivas de jardinagem, vai manter a saúde de seu jardim e evitará bastante a presença de distúrbios, desequilíbrios, possíveis doenças e visitas indesejadas em suas plantas.



Que tal aproveitar o fim de semana para dar uma atenção extra para suas plantas e praticar todas essas boas dicas? Continue a acompanhar o blog da Oficina Verde para mais orientações de cura das plantas e cultivo.


Mayra Dias Geógrafa e Jardinista, criadora de conteúdo para o blog da Oficina Verde, responsável pelo desenvolvimento e implantação de projectos de ecopaisagismo, hortas e pomares biológicos na Jardim de Ervas.

12 views0 comments

+351 960 364 710

R. de São Bento 75 77, 1200-816

Lisboa, Portugal

Opening Hours:

Tuesday-Friday: 11.00 - 18.30.

Saturday: 12.00 - 19.30.

Sunday and Monday CLOSED.

Oficina Verde©